https://itmidia.com/wp-content/uploads/sites/5/2019/07/implante-cerebral.jpg

Financiada pela SpaceX e Tesla, Neuralink está desenvolvendo implante cerebral para devolver movimento a pacientes com paralisia

 

A startup liderada por Elon Musk, Neuralink está trabalhando em tecnologia que possa, eventualmente, ser usada em implantes cerebrais para seres humanos. A primeira notícia de que Musk trabalhava em uma tecnologia futurista para ligar cérebros a computadores surgiu há alguns anos, mas só agora o fundador da SpaceX e Tesla compartilhou as ambições e detalhes do projeto.

O que Musk busca com a Neuralink é permitir que pessoas se comuniquem com máquinas, mas sem que haja um aparato robusto que intermedie isso. Segundo o TechCrunch, a Neuralink trabalha em uma tecnologia conhecida como "tópicos", que são pequenos fios flexíveis muito finos que se ligariam ao cérebro humano. Eles teriam cerca de um terço do diâmetro de um fio de cabelo humano e seriam capazes de analisar o cérebro de um indivíduo, coletando um alto volume de dados e leituras cerebrais.

Musk disse que, a Neuralink, a longo prazo, vai tratar de descobrir maneiras de “alcançar uma espécie de simbiose com a inteligência artificial”. Mas “isso não é obrigatório, algo que você pode escolher se quiser”, conclui.

Max Hodak, co-fundador da Neuralink acredita que o serviço será usado na medicina local para habilitar indivíduos amputados a mover braços mecânicos e até reconquistar a mobilidade com próteses.

"A maioria das pessoas não percebe, mas podemos resolver isso com um chip", disse Musk.

A Neuralink é financiada por Elon Musk com dinheiro de levantamentos provenientes da SpaceX e Tesla. A empresa tem cerca de 90 funcionários.

 

Fonte(S) Itmidia