https://itmidia.com/wp-content/uploads/sites/5/2019/02/yellowapp_952.jpg

Empresa também foi multada em R$120 mil pela prefeitura, que alega falta de autorização para operação

 

A startup de mobilidade Yellow, que recentemente anunciou uma fusão com a plataforma Grin para a criação de uma nova empresa chamada Grow, anunciou nesta semana que deixará de operar em Vila Velha, no Espírito Santo.

A decisão acontece após a prefeitura da cidade recolher cerca de 130 bicicletas da Yellow, alegando que a companhia não tinha autorização para operar no município, de acordo com uma reportagem recente da Gazeta Online.  Além disso, conforme o site, a administração municipal de Vila Velha também multou a startup em 930 reais por bicicleta, o que totaliza aproximadamente 120 mil reais.

Em nota enviada à redação do ITMídia.com, a assessoria da Yellow afirma o seu departamento jurídico está tomando as “devidas providências” em relação à apreensão das bicicletas e à multa citada acima. De acordo com a empresa, a sua atividade, “de locação de veículos”, não necessita de qualquer autorização, uma vez que é sustentada por normas federais do Contran.

No comunicado, que pode ser lido na íntegra ao final do texto, a companhia também afirma que se surpreendeu com o que definiu como uma “mudança radical de postura” da Prefeitura de Vila Velha e anuncia que deixará de operar na cidade. Com isos, as bicicletas e patinetes que seriam oferecidos em Vila Velha serão incorporados à frota de Vitória, também no Espírito Santo.

Comunicado da Yellow

“A respeito da chegada da Yellow à Vila Velha a empresa afirma que sua atividade é de locação de veículos e, como tal, é sustentada pelas normas federais do Contran e prescinde de qualquer autorização. Basta a inscrição municipal, que no caso de Vila Velha foi solicitada por meio de cadastro no Portal "Simplifica ES". Esta solicitação foi deferida pela prefeitura no dia 06/02/2019 como "aluguel de equipamentos recreativos e esportivos", conforme protocolo ESP 1951649868.

Ao mesmo tempo em que seguiu o regramento federal, a Yellow manteve contato frequente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Vila Velha antes de disponibilizar os veículos na cidade, como é praxe da empresa. A Yellow recebeu aval para iniciar suas atividades das autoridades do Município.

No entanto, desde a última sexta-feira, 08/02/2019, fomos surpreendidos por uma mudança radical de postura da prefeitura, inclusive com a apreensão das bikes. Diante da nova postura da prefeitura, a Yellow deixará de operar na cidade.

As bicicletas e patinetes que serviriam à população de Vila Velha serão incorporadas à frota de Vitória.

Quanto à apreensão e aplicação de multa nosso Departamento Jurídico está tomando as devidas providências.”

 

FONTE(S) Itmidia